sexta-feira, 14 de agosto de 2009


"Não tem como desfazer.
Não existe desfazer.
Mas eu vou tentar limpar.
Eu sempre tento.
Aí eu sujo mais.
Aí eu vou tentar limpar de novo e quebro um vaso.
Aí eu vou tentar juntar os cacos e corto o pé.
E sujo tudo de sangue.
E fico sentada sozinha no meio da bagunça."





Tem horas que a gente tem que parar e tentar entender que não consegue mais consertar nada, não por fraqueza, mas por limitação humana.

Um comentário:

BobZeeLa disse...

A vida não tem CTRL+Z