quarta-feira, 31 de março de 2010


"E nós jantamos juntos, fomos ao cinema, ao teatro, ouvimos música, sentamos nos bares, acendemos os cigarros e enchemos os copos um do outro. Durante semanas fizemos todas essas coisas que as pessoas fazem quando querem ficar juntas, vivendo uma a vida da outra.
[...]
Os dias se interrompiam quando ele ia embora. Recomeçavam apenas no mesmo segundo em que tornava a chegar.
Não sei quanto tempo durou. Só comecei a contar os dias a partir daquele dia em que ele não veio mais."





As vezes me dá uma saudade irracional de você.

Um comentário:

Mariana N. disse...

SÓ NÃO FORAM NAQUELA CAFETERIA QUE VOCÊ TANTO GOSTA, NÉ ÃMIGA?

UAHSUAHSUAS


VOCÊ VAI ME DAR UM SOCO QUANDO LER ISSO UASHUAHSUHA