quarta-feira, 21 de julho de 2010


"Sinto-me terrivelmente vazio. Há pouco estive chorando, sem saber exatamente o porquê. As vezes odeio esta vida, estas paredes, essas caminhadas de casa para aula, da aula para casa, esses diálogos vazios, odeio até este diário, que não existiria se eu não me sentisse tão só."






"Eu só queria ser feliz, cara, gorda, burra, alienada e completamente feliz..."

Um comentário:

Karryna disse...

Ai,ai... Como dói! Ainda acho q decepção deveria matar... :/
Seria mesmo sofredor... eu não aguento em 6 anos, ter que refazer a minha vida de novo. Toh frustrada.

Obrigada pela visita. :)