quarta-feira, 16 de setembro de 2009

"Escrevo numa tarde cinzenta e fria
trabalho pra espantar a solidão e meus pensamentos
hoje assumi em público minha doença
estou mais leve, mais livre
mais ainda tenho muitos medos
medo de voar, de amar
medo de morrer, de ser feliz
medo de fazer análise e perder inspiração
ganho dinheiro cantando minhas desgraças
comprar uma fazenda, fazer filhos
talvez seja uma maneira de ficar pra sempre na terra
porque discos arranham e quebram,
amor"

2 comentários:

Cáh. disse...

"porque discos arramnham e quabram amor"






Quebrei!


Te amo!♥

Alexandre Resende disse...

por que discos arranham e estragam as musicas... ^~ ... UM BJO DAQUELES meu anjo protetor...rsrsrs